Relaxamento

O relaxamento é a peça-chave para uma vida livre de ansiedade. Se você dedicar algum tempo a aprender como relaxar profundamente, seu nível de ansiedade estará baixo quando você tiver que passar por acontecimentos estressantes, e você não entrará em uma espiral de ansiedade.

As vezes as pessoas pensam que sabem relaxar – por exemplo, ficam mais despreocupadas quando bebem, se exercitam ou cuidam do jardim e dormem bem, portanto julgam que não têm problema em relaxar. Nem percebem que o fato de não poderem ficar paradas, com dificuldade de se concentrar, e terem sempre que se ocupar com alguma coisa são sintomas de gente que não sabe relaxar.

Perguntas sobre relaxamento – A quantas destas perguntas você pode responder “Sim” ?

  1. Você participa de alguma atividade com o fim específico de conseguir relaxar? (Tem que ser alguma coisa que não tenha qualquer outro fim, a não ser fazê-lo relaxar.)
  2. Já treinou algum tipo de relaxamento ou meditação?
  3. Você procura relaxar, conscientemente e de forma regular?
  4. Você se esforça por se manter calmo, equilibrado e focado sempre que a vida se torna estressante?
  5. Você tem tempo e dispõe de um espaço para relaxar ocasionalmente sem ser interrompido?
  6. Você se sente feliz em “ simplesmente” relaxar sem ter que fazer ou participar de alguma coisa ou de uma diversão?

 

A quantas dessas perguntas você respondeu sim ? ________

1 – Talvez você não saiba bem o que é relaxar. Talvez não entenda para que serve – porém, mais cedo ou mais tarde, será afetado pelo estresse e não terá acumulado reservas em seu organismo. Aprenda a relaxar agora, quando ainda não precisa seriamente disso.

2 – 4 – Você tem um ideia geral do que é relaxar e reserva tempo para esse fim, mas às vezes a vida o ocupa tanto que você não se permite usar o tempo necessário para fazê-lo. Lembre-se de que relaxar deve ser uma prioridade se deseja se sentir bem; portanto, não permita que as pressões ocupem seu tempo de relaxamento.

Mais de 4 – Você sabe muito bem como é importante relaxar conscientemente, e sabe cuidar bem disso. Continue assim! Não permita que pessoas agitadas, sempre ocupadas, perturbem sua paz de espírito; ela é preciosa e precisa de espaço e proteção.

Faça uma pausa

Esta é uma técnica para ajudar a aliviar os sintomas de todo tipo de estresse ou preocupação.

  1. Preste atenção ao que está na sua mente e que o incomoda. Controle a respiração. Respire com o abdômen, com calma e suavidade. Não respire com o diafragma, nem rapidamente.
  2. Procure perceber como o problema o está afetando. Simplesmente observe – não tente mudar nada. Se puder, descubra em que lugar do seu corpo se localiza o problema. Perceba exatamente como é esse problema, se ele tem forma, cor ou um nome. Permita-se sentir tudo o que vier.
  3. Pergunte a você mesmo o que pensa sobre o problema. Apenas perceba o que pensa. Então tente interromper quaisquer pensamentos negativos e inúteis, e concentre-se em pensamentos construtivos e positivos. Por exemplo: Se o pensamento foi “Acho que vou morrer”, diga a você mesmo: “Sei que vou vencer isto”.
  4. Decida que vai dar a você mesmo um tempo antes de agir e continue respirando.
  5. Faça o que precisa ser feito, cuidando bem de você mesmo e de suas necessidades durante o processo. Continue observando como se sente e pensa enquanto se esforça para chegar ao resultado. Tente alternar o foco de atenção – alguma atenção na situação problemática, alguma atenção em você mesmo. Nunca dê toda a sua atenção ao problema, e sempre preste atenção em si mesmo e no modo como está se saindo.

 

Você é uma pessoa atenta? A quantas destas perguntas você pode responder “Sim” ?

  1. Sua atenção é dispersiva ou você tem dificuldade em se concentrar?
  2. Você se sente mal consigo mesmo de um modo indefinido ou gostaria de estar em outro lugar?
  3. Às vezes você é insensível às próprias necessidades, ou as ignora ou reprime?
  4. Você às vezes se desliga do que está acontecendo aqui e agora no mundo à sua volta?
  5. Costuma pensar mais em realizar ou em atingir o resultado final em lugar de prestar atenção suficiente à experiência presente e aos processos dos quais participa?
  6. Você se obriga a seguir pela vida em alta velocidade durante a maior parte do tempo? Não se preocupa com quanto exige de si mesmo, só quer ver a tarefa terminada, de modo que, mesmo que esteja cansado ou com fome, não se permite um descanso?
  7. Acha que relaxamento, meditação ou ioga são uma perda de tempo, ou só para mulheres? Não concordaria em praticar regularmente alguma técnica ou fazer exercício de meditação?

 

 

A quantas perguntas sobre atitude atentiva você respondeu sim ? ________

Se disse sim a mais de duas, seria muito bom para você praticar alguma técnica simples de relaxamento atento, que pode consistir apenas em lembrar-se de respirar e controlar-se antes de alguma situação estressante.